Direitos dos animais


Animais são seres vivos, não são bugigangas, brinquedos ou acessórios e também não são um produto ou meio para o divertimento humano. Os animais merecem uma boa proteção. Isto começa com o reconhecimento de seus direitos e o respeito por sua natureza e suas necessidades. E isto limita as finalidades para as quais os animais podem ser usados.

Nós queremos terminar o automatismo pelo qual os animais podem ser usados para qualquer propósito. Divertimento, esporte, fins publicitários e moda não são boas razões para usar, ferir ou matar animais.

O bem-estar dos animais é ameaçado pela maneira em que são procriados, comercializados, mantidos ou matados. Onde as pessoas maltratam ou negligenciam os animais deve-se intervir fortemente.

Relacionado

Blog da Esther: Não desvie o olhar, mas entre em ação e olhe para frente

“A realidade não pode ser ignorada exceto por um preço; e quanto mais a ignorância persistir, mais alto e mais terrível se torna o preço que deve ser pago.” Foi isso que escreveu Aldous Huxley, o autor anglo-americano de Admirável Mundo Novo. Muitos líderes políticos poderiam aprender muito com esta citação. Estamos a lidar commúltiplas crises mundiais: uma crise climática, uma crise da natureza,...

Notícias